quinta-feira, julho 22, 2010

Um sentimento feio mas normal

Os dias estão ficando vazios de acordo que o tempo está passando e isso não me torna uma pessoa muito feliz, pelo contrário, estou ficando triste.
A tristeza era a minha melhor amigo há uns tempos atrás e percebo que ela está voltando a gostar de minha companhia, mas eu só espero que, ela não fique aqui por muito tempo. É meio chato você ter tanta coisa pra compartilhar com as pessoas mas você se sentir meio mal porque as pessoas tem mais coisas à oferecer do que você e muito melhores, então você simplesmente fica quieta só ouvindo o que as pessoas te oferecem pelo tempo.
Às vezes você sente inveja, parece até que você nunca aproveitou a sua vida enquanto as pessoas só sabem aproveitá-la e você não..Você começa a pensar como seria sua vida antes se você tivesse trocado isso por aquilo, se tivesse "aprontado" mais, se você tivesse ficado mais amiga daqueles que realmente precisaram da sua amizade, se você tivesse sido criança na sua época de criança, se você tivesse trocado os dias na internet pelos dias ensolarados no parque..
Mas será que pra todas as pessoas é assim também? Esse momento de "querer trocar" depois de tanto tempo passado só porque ouviu as outras pessoas contarem sua vida mais excitante do que a sua? Me sinto até meio constrangida ao dizer sobre minha vida, parece que estou me enganando mas não estou. É a minha vida e eu não estou a respeitando e neste momento não consigo.
Parece que todas as suas amigas têm muito mais coragem nos afazeres do que você, como se você fosse uma intrusa, uma "sozinha" da turma porque nunca fez lá o que elas fizeram e nem tem coragem, porque acha nojento e tem medo... Constragedor.
Acho que o nome disso tudo é inveja. Inveja por não poder ter feito tudo o que podia e quando queria, inveja de ter aproveitado a vida e você não, inveja por ter amado tantos e você não, inveja por ser mais inteligente e você não. É tanto tipo de inveja que me sinto até um lixo perto disso, sinto um medo de poder dizer isso tudo e depois ser recusada a ombros amigos antigos que um dia eu tive e não tenho mais.
Palavras que murchou um pouco o meu peito e tirou um pouco da confusão da minha mente, apesar que, escrever isso não me ajudou em nada, só a gastar um pouco mais do meu tempo escrevendo... É, faz tempo que eu não acho escrever um hobby tão interessante.
Enfim, é só.

Um comentário:

runaway disse...

É, acho que entendi oig que você quis dizer. Eu também sinto um certo tipo de inveja, por verem os outros aproveitarem a vida, principalmente nessas férias, e eu aqui, na internet, sem vontade de fazer nada. Também sinto uma certa inveja, por não ter exatamente, algum(a) melhor amo(a), ainda mais depois que fui para outra cidade estudar e me afastei bastante dos meus amigos. Queria dizer alguma coisa pra te confortar sobre isso, mas eu não faço a mínima do que escrever, já que também passo um pouco disso. Se cuida.